sexta-feira, 7 de março de 2014

A PALAVRA DADA


ATENÇÃO SERVIDORES DO TRIBUNAL DE CONTAS

Sou da época em que as coisas tinham de ser previamente combinadas para que pudessem ser efetivamente cumpridas. A confirmação da palavra com certa antecedência era a única garantia, e a palavra ouvida, a última fonte, o que exigia, ao menos, algum cuidado no momento de dar e ouvir essas palavras, para evitar desilusões nos que nela acreditam.
Hoje tenho visto com muita frequência, que a palavra dada não tem o mesmo valor de outrora, muitos não têm qualquer dificuldade em dar o dito por não dito, uma pena.
Tenho observado durante as sessões no Pleno do Tribunal de Contas, um grupo de servidores vestidos com uma camisa de cor cinza, postando a seguinte frase:

“PROMESSAS... não valem NADA, até que sejam cumpridas.”

Esperam a grande maioria que após o período momesco, como ficou acertado na última reunião, com a presença do Presidente Cícero Amélio, da Diretoria do Sindicato e dos diretores de Pessoal e Financeiro, sejam entregues ao SINDICONTAS a relação dos servidores que têm direito: ao ABONO PERMANÊNCIA, ao ENQUADRAMENTO por títulos solicitados através de requerimento, ao VALE ALIMENTAÇÃO e mais, a reunião para a negociação, sobre o valor da reposição da inflação de 2013, cuja data base ocorreu no mês de fevereiro/14.
Para este Sindicato, o valor da palavra dada continua a contar, é uma questão de honra.
Pra mim a palavra dada, tem o valor de contrato escrito, aprendi com meu saudoso pai.

Francisco Elpídio
Presidente Sindiconta/AL




Nenhum comentário: