terça-feira, 28 de outubro de 2014

PODE SER ATÉ LEGAL, ENTRETANTO!

A Diretoria do SINDICONTAS foi tomada de surpresa com a aprovação do Projeto de Resolução Normativa, que beneficia os Conselheiros do Tribunal e integrantes do Ministério Público de Contas, com auxilio moradia no valor de R$ 4.377,73.
Um péssimo exemplo para uma instituição que não está cumprindo o seu papel constitucional, e para todo o quadro de servidores, que recebe subsídios defasados, sendo corrigidos apenas com a reposição da inflação do período. Convém destacar, que desde o início desse ano, os servidores aguardam ansiosos o envio de um Projeto de Lei a Assembleia Legislativa, instituindo o Vale Alimentação já existente em outros Tribunais, bastante diferente da situação, que ora beneficia os Conselheiros e Integrantes do MPC, que rapidamente se reuniram para analisar e recomendar a aprovação do auxílio-moradia. 
Como todo Estado de Alagoas tem acompanhado, o Tribunal de Contas está longe de merecer os aplausos da sociedade alagoana, basta observar as informações veiculadas na imprensa sobre a “não” realização das sessões ordinárias, devido à ausência de Conselheiros no Pleno de TCE. 

Francisco Elpídio de Gouveia Bezerra
Presidente do SINDICONTAS/AL

Nenhum comentário: