terça-feira, 3 de março de 2009

A Procura

Ah! seu eu soubesse, se eu sonhasse ...
Nao soube, nao sonhei. 
Nessa existencia é necessário saber, para depois sonhar, 
Saber decifrar os misterios das pessoas e os seus.
Sonhar, o sonho dos felizes e imaginá-los como sendo seus,
Alcançar a sabedoria dos que sabem bem viver.
Sonhar com uma bela canção, 
Com uma bela visão.
Sonhar com a beleza de uma poesia.
É dificil sonhar, é dificil saber,
No entanto é preciso. 

A PROCURA, poema de Alder Flores, criado em 02 de março de 2009 agora levado ao conhecimento do público alagoano. Flores é advogado ambientalista e cambonense da gema. Vivendo entre a Praça dos Martírios e o Mutange, teve a oportunidade de conviver com personagens inesquecíveis: as irmãs Laura e Judite Dantas, Guiomar Gouveia, professor Grangeiro pioneiro na criação de cursinho, compositor Antônio Paurilho, maestro Ferreira e outros, fez despertar o seu lado poético adormecido. Novos poemas serão publicados.
O espaço POEMAS, POESIAS E CONTOS, foi criado para os companheios que formam a família cambonense, postarem sua obras literárias.

NOVIDADES CONHECIDAS - LARA MELO