domingo, 7 de novembro de 2010

De Brasília ao Nordeste – Viajando no Forró

Não vai demorar muito para o compositor alagoano Geraldo Rebêlo, lançar o seu segundo trabalho cantando o nordeste brasileiro. Serão dez faixas, exaltando as belezas naturais de cada estado nordestino, onde serviu como Oficial do Exercito Brasileiro. De Brasília ao Nordeste, um verdadeiro forró pé de serra, pra se ouvir ou dançar agarradinho. Todas as músicas e letras, com exceção de Lagoas, parceria com Chico Elpídio, são de sua autoria:

Lagoas 

Ah! Se uma lagoa me abrigasse e desse espaço pró meu povo
Fazer suas festas de ano novo trazendo a menina que me amasse...
E se houvesse em seus olhos o sonho de terras distantes e sem lagoas
Eu lhe mostraria nas canoas toda a poesia que restasse...
Desse mundo que acaba nas ladeiras
Da cidade descrente da nova ilusão
Que haveria no rosto das pessoas
Se houvesse em todo lugar lagoas...

Lagoas já tenho em minha vida nascida de tantos dissabores
Sereno reflexo minhas dores da lua sobre as águas diluídas
Havendo lagoas tenho peixes e mangues e muitos caranguejos
E posso morar no meu trapiche sonhando e revivendo os meus desejos
Nesse mundo que esbarra nas porteiras
A cidade silente da nova ilusão
Que haveria no porto das canoas
Se houvesse em cada desamor lagoas.
Se houvesse em todo lugar lagoas...

Chico Elpídio e Geraldo Rebêlo


Nenhum comentário: