terça-feira, 9 de junho de 2009

As gafes do Presidente Lula

Falando aos atletas paraolímpicos:
"Estou vendo aqui companheiros portadores de deficiência física.
Estou vendo o Arnaldo Godoy sentado, tentando me olhar, mas ele não pode me olhar porque ele é cego. Estou aqui à tua esquerda, viu, Arnaldo! Agora, você está olhando pra mim... "
Fonte - Site da Radiobras, 27/06/2003. 

"Estou com uma dor no pé, mas não posso nem mancar, para a imprensa não
dizer que estou mancando porque estou num encontro com os companheiros portadores de deficiência."
Fonte - Unifolha de Campo Grande, 02/12/1002 e Tribuna da Imprensa, 04/12/2003. 

"O objetivo (desta competição) é conquistar vagas para os jogos paraolímpicos de Antenas (sic), em 2004,
nas modalidades basquete, vôlei masculino e feminino e adestramento. 
E aumentar a quantidade de vagas em atletismo, natação, ciclismo e esgrima."
Todos vocês vão competir a uma vaga para Antenas (sic)?
E quem é que acha que vai ganhar?
Levante a mão aí para ver'.
Fonte - Unifolha, 02/12/2003

Em discurso na Confederação Nacional da Indústria:
"Não tem geada, não tem terremoto, não tem cara feia.
Não tem Congresso Nacional, não tem um Poder Judiciário.
Só Deus será capaz de impedir que a gente faça este país ocupar o lugar de
destaque que ele nunca deveria ter deixado de ocupar."

Em reunião de Chefes de Estado em Londres, onde o regime é Parlamentarista e o mandato do primeiro-ministro não tem prazo para acabar: 
"Daqui a dois ou três anos possivelmente não estaremos aqui, talvez sejam outros.
E nem será o Tony Blair que estará convidando, será outra pessoa." 
Fonte - O Globo, 15/07/2003 e jornais do mundo inteiro 

Falando no lançamento da campanha "O melhor para o Brasil é o brasileiro", em 19 de julho de 2004:
"Em qualquer lugar do mundo que eu vou,  eu tenho que levar flores ao túmulo do herói nacional. 
No Brasil não tem."
Fonte - Site da Radiobrás e vários jornais .

Falando à Cúpula das Américas em Monterrey, em 13 de janeiro de 2004:
"Estou otimista porque estamos reduzindo as taxas de interesses dentro do Brasil."
Obs.: 'Tasa de interés' significa, em espanhol, taxa de juros.
'Taxas de interesse não significa nada em língua alguma.
Fonte - Estadão -13 de janeiro de 2004

Nenhum comentário:

EM RESUMO